Suplemento de oleo de peixe com vitamina e em capsulas

SP: retorno obrigatório de aulas presenciais a partir de 18 de outubro

calendarPublicação: 13/10/2021- Última atualização: 13/10/2021
clock2min
SP: retorno obrigatório de aulas presenciais a partir de 18 de outubro
Pedro Bezerra Souza
Pedro Bezerra Souza

Editor

A retomada dos estudantes seguirá uma organização diferente e gradual nas escolas municipais, estaduais e particulares de São Paulo; o retorno simultâneo de 100% dos alunos será a partir de 3 de novembro

Os alunos das escolas espalhadas pelo estado de São Paulo já podem começar a preparar as mochilas para voltar presencialmente às aulas. Em coletiva de imprensa nesta quarta-feira, 13, o governador João Dória (PSDB) afirmou que a partir da próxima segunda, 18, o retorno começa a ser obrigatório. 

A volta às salas de aula acontecerá de maneira gradual e diferente nas escolas municipais, estaduais e particulares. Somente a partir do dia 3 de novembro é que todos os alunos passam a circular simultaneamente pelas escolas.

Os estudantes das escolas estaduais são os primeiros a retomarem de maneira obrigatória. “Eles serão divididos em bolhas: um grupo vai obrigatoriamente às segundas, outro às terças e assim por diante”, explicou o governador. Para essa volta, as regras de distanciamento social de um metro, uso de máscaras e álcool em gel seguem sendo exigidas.

Já a calendarização nas escolas municipais vai ficar de acordo com os conselhos municipais de educação, eles ficam livres para definirem os processos de retomada. Nas escolas privadas, por enquanto ainda vai haver um prazo até a obrigatoriedade.

A partir de 3 de novembro será obrigatória a retomada de 100% dos estudantes simultaneamente. As escolas precisarão aferir a temperatura e exigir as máscaras até o final do ano”, relatou o secretário de Educação, Rossieli Soares.

Segundo informações do governo, a decisão pela retomada só foi possível porque 90% dos adolescentes entre 12 e 17 anos já tomaram a primeira dose. Assim como 97% dos profissionais de educação da rede estadual já completaram o esquema vacinal.

As exceções à obrigatoriedade serão relativas a pessoas com algum sintoma da Covid-19; jovens com comorbidades que ainda não completaram o esquema vacinal; os menores de 12 anos, que ainda não podem tomar vacina no Brasil; e estudantes com prescrição médica para permanecer em atividades remotas.

A retomada das aulas em universidades ainda estão indefinidas, o estado está em rodada de negociação com o ensino superior e definições devem surgir nas próximas semanas.

Pedro Bezerra Souza
Pedro Bezerra Souza

Editor

Esta fruta exotica pode derrubar a sua glicemia alta em 21 dias
Voce Sabe qual a Diferenca entre uma pessoa gorda e magra