73 Curas sem Remedios
Doenças> Infecção urinária
Infecção urinária

Infecção urinária

Uma pesquisa científica comprovou que a ingestão regular do suco de cranberry reduz o risco de infecção urinária em até 26% nas pessoas estudadas.

Dificuldade e dor ao urinar, urina com cheiro forte e coloração escura, desconforto na região inferior do abdome. Esses são alguns dos sintomas que levam a um possível quadro de infecção urinária. Quem já passou pelo problema, sabe do tamanho do incômodo que é.

Há quem chegue, inclusive, a ter sangramentos. Por ser uma doença relativamente fácil de tratar, a indústria farmacêutica logo prescreve uma lista de anti-inflamatórios e antibióticos. Porém, há um item natural que é rico em nutrientes capazes de prevenir consideravelmente o problema. 

O suco de cranberry (ou oxicoco, como é chamada em alguns lugares) diminui significativamente o risco de ter infecções no trato urinário, assim como ajuda a cuidar da inflamação de quem contraiu a doença. Pesquisas apontam, inclusive, que o nutriente também ajuda a combater candidíase e gastrite. 

Neste conteúdo, você também descobre:

  • o que causa a infecção urinária;
  • a ciência comprova o efeito do cranberry;
  • além do suco, é preciso tomar outros cuidados;
  • como consumir o cranberry.

O que causa a infecção urinária

Há seis principais fatores que podem causar a infecção urinária. Veja a seguir:

  1. o primeiro é a pouca ingestão de água, que além de fazer mal diretamente aos rins (e ao organismo como um todo), compromete a saúde da urina;
  2. segurar o xixi na bexiga também é um hábito nocivo;
  3. na saúde íntima, não fazer a devida higiene e não urinar após o sexo pode causar o mesmo problema;
  4. para as mulheres, não trocar os absorventes com frequência contribui com a incidência da infecção urinária;
  5. por último, mas não menos importante, usar roupa íntima apertada em nada ajuda à saúde da urina. 

Todos esses maus hábitos podem influenciar em algum dos quatro tipos de infecção mais comuns: cistite (infecção na bexiga), uretrite (infecção na uretra), pielonefrite (infecção nos rins) e infecção nos ureteres.

A ciência comprova o efeito do cranberry

O The Journal of Nutrition publicou um estudo que mostra que o cranberry reduziu o risco de infecção urinária em 26% das pessoas avaliadas. A pesquisa foi feita com mulheres que tinham um risco 50% maior de desenvolver a doença ao longo da vida. Além disso, elas costumam sofrer mais com a infecção urinária do que os homens. 

E você sabe como é que o cranberry atua no organismo de forma eficiente contra a enfermidade? 

A bactéria E. Coli, presente na infecção urinária, tem fímbrias — que possuem uma espécie de cabelo longo — que grudam na parede da bexiga. Essas fímbrias do micro-organismo são ligadas às células por meio de gordura.

Nesse meio, a fruta tem um polifenol lipolítico que quebra essa ligação  — agindo como se fosse um sabão. Ou seja, o suco de cranberry impede que as fímbrias colem na mucosa do trato urinário. Dessa forma, a bactéria “escorrega” e é eliminada pela urina.

O ideal é que você compartilhe com o seu médico a opção pelo tratamento natural, principalmente se você tem a chamada infecção urinária de repetição.

Além do suco, é preciso tomar outros cuidados

É importante saber que o cranberry é muito eficiente no combate à cistite, que é a infecção urinária baixa. Em quadros de uretrite (infecção na uretra) ou da pielonefrite (infecção que chega ao rim, devido à urina), é ainda mais importante  que um médico seja consultado. Em alguns casos, pode ser necessário o uso de antibióticos temporariamente.

O ideal, porém, é manter a prevenção para que o uso dessa classe de medicamentos não seja constante.

Então, mesmo tomando o suco, outros cuidados são indispensáveis. Não deixe de se atentar a hábitos como:

  • não usar calcinhas apertadas;
  • manter a umidade da região genital  — com ajuda de cremes, se necessário;
  • evitar o uso de papel higiênico áspero;
  • evitar o uso de preservativos de borracha;
  • tomar probiótico para melhorar a flora intestinal;
  • urinar depois da relação sexual;
  • nunca segurar a urina; e
  • beber bastante líquido.

Como consumir o cranberry?

Para um melhor consumo da fruta e obtenção dos seus nutrientes, o ideal é beber um copo de 240ml a 300ml do suco uma ou duas vezes ao dia. Assim, o organismo deve absorver cerca de 35 mg de proantocianidina.

O concentrado de cranberry — como geralmente é vendido nos mercados — pode ser diluído em água na hora de fazer o suco. Esse processo deve ser de, pelo menos, ¼  ou 25% para manter o efeito protetor. Evite adicionar açúcar.

Para os homens, sintomas de infecção urinária podem indicar prostatite. Para saber mais sobre como proteger a saúde masculina e evitar esse problema, conheça o nosso guia Próstata Blindada. 

Referências

  • Fu Z, Liska D, Talan D, Chung M. Cranberry Reduces the Risk of Urinary Tract Infection Recurrence in Otherwise Healthy Women: A Systematic Review and Meta-Analysis. J Nutr. 2017 Dec;147(12):2282-2288. doi: 10.3945/jn.117.254961. Epub 2017 Oct 18. PMID: 29046404.
Suplemento de oleo de peixe com vitamina e em capsulas
Suplemento de maca peruana combinada com extrato de guarana